Cadê o meu Pincel? cobertura leve Archives - Cadê o meu Pincel?

banner-full

banner-full
maquiagem category image
07 de novembro de 2017
Resenha Base fluída da Vult | cor 04

Esse ano fui conferir os pré-lançamentos de maquiagem na Beauty Fair. Rolou até vídeo por lá com vários produtinhos da Vult, entre elas a base fluída, que vou resenhar hoje para vocês.

base-em-conta-gotas-lancamento-2017

Confesso que assim que soube da proposta da base e testei pela primeira vez – ainda no stand da Vult, na mão mesmo -, torci o nariz. Fórmula ultrafluida, acabamento natural, cobertura leve? Essa base não é para mim! Tenho pele oleosa, com espinhas e manchas e adoro um reboco, MAS não é que ela me ganhou?! Aliás, usei tanto que a minha já acabou. Mas, além de ter usado antes, tem o fato de que ela vem com menos quantidade do que os 30 ml habituais.
base-fluida-vult

Por ser muito líquida, ela vem nessa embalagem conta gotas. No começo rolaram uns acidentes e sujei a roupa, mas aí fui me adaptando: primeiro “deitando” o rosto de forma que ela não escorresse e, depois, acabei reduzindo a quantidade que usava pela metade (passei a usar o conteúdo do conta gostas no rosto todo, não só em uma metade).

base-fluida-vult-agite-antes-de-usar

Antes de usar, agite bem, conforme indicação da marca. A que ganhei é na cor 04, que está um pouquinho escura para mim. Já fica um alerta: ela oxida! Escolhi a 04 porque, testando lá na hora, parecia perfeita, mas ela escurece bastante depois que seca, como dá para ver na foto abaixo (já havia feito os “olhos” há uns minutinhos. A “boca”,  é como a mesma base, na mesma cor, fica assim que aplicada).

base-liquida-vult-oxida

Falando em cor, ela vem meio escondidinha, na lateral:

base-fluida-vult-cor-04

Apesar da cobertura mais leve, ela fica ótima para o dia a dia. Na montagem abaixo, estou sem nada | aplicando a base | maquiagem para o dia a dia pronta (e sem usar corretivo).

base-fluida-vult-antes-e-depois-coberturaPara a aplicação, minha dica é colocar direto no rosto e espalhar com um pincel. Testei com as mãos e foi difícil, por ela ser bem líquida, além de ter manchado. A esponjinha absorveu muito produto e reduziu ainda mais a cobertura da base, e aplicando diretamente no pincel, as cerdas acabam sugando parte dela e rola desperdício de produto.

Abaixo dá para ver como ela disfarça bem minhas manchinhas ao redor do olho, apesar de leve.
base-fluida-vult-cor-4A base fluída da Vult seca bem rapidinho e deixa um toque aveludado, mas não abro mão do pó assim que aplico (senão ela acaba acumulando nas minhas linhas, como dá para ver abaixo), e ao longo do dia, porque na minha pele, ela ficou bem oleosa sem o pó, principalmente no nariz, como mostrei nesse vídeo para vocês. Ela transfere um pouco e vai saindo ao longo do dia (sem manchar e sem escorrer com água ou suor, mas no fim do dia sinto que a cobertura está beeem levinha, com espinhas e manchas mais à mostra, entende?).
base-liquida-vult-acumula-nas-linhasResumindo, foi uma base que me atendeu bem no dia a dia! Não para uma festa ou para um evento, mas para usar rotineiramente achei uma ótima opção. É prática, espalha muito fácil, seca rápido… Mas, como oxida, precisa de uma atenção extra na hora de escolher a cor (minha dica é testar no rosto e sair da loja com ela para ver como fica direitinho, em vez de já comprar de primeira) e vem com apenas 20 ml. No geral eu gostei bastante, tanto que quero que lance logo para eu comprar uma nova (dessa vez na cor 03, provavelmente).

Espero que tenham gostado dessa resenha da base fluída da Vult. Me conta nos comentários o que você achou e se já testou alguma base em formato de conta gotas.