Cadê o meu Pincel? » Blog Archive Cachorros e o medo de fogos de artifício - Cadê o meu Pincel?
copa category image posts-de-domingo category image
15 de junho de 2014
Cachorros e o medo de fogos de artifício

post-de-domingo

Quanto tempo sem um Post de Domingo, né? #ShameOnMe Mas hoje venho falar de um assunto muito importante: o medo de fogos de artifício que muitos cãezinhos têm – e vem tendo que encarar durante a Copa, infelizmente.

cachorro-fogos-de-artificio-cade-o-meu-pincel

O cão possui audição muito sensível e os fogos podem ser verdadeiros pesadelos para ele. Por isso, o ideal é ir preparando o cachorro, fazendo com que ele se acostume aos barulhos.

Para isso, coloque sons de fogos (você pode achar no Youtube). Comece em um volume baixinho e vá aumentando com o tempo, sempre associando-o a coisas prazerosas para o seu peludo, como petiscos, “festinha”, carinho etc. 

Tente abafar os sons dos fogos fechando portas e janelas, ligando o ventilador e/ou o ar condicionado e colocando músicas ou a TV em volume alto. Colocar algodão no ouvido do cachorro também ajuda.

Se o seu cãozinho se sentir mais seguro em algum lugar, deixe que ele fique lá. Tentar tirá-lo vai acabar com a pouca zona de conforto dele, além de, por conta do medo, ele talvez responder a isso de forma agressiva.

Falando nisso, muitos cães têm comportamentos que os colocam em risco quando estão com medo. Por isso, tenha a certeza de o local onde ele está é seguro, para evitar, assim, machucados e fugas. De todo modo, coloque, por precaução, uma plaquinha na coleira dele com os dados necessários caso ele fuja.

Ver o cãozinho amedrontado acaba com a gente, né? Mas tente não focar em sentimentos que estimulem esse medo, como a pena ou a raiva (pelos barulhos desagradáveis), mas sim em passar tranquilidade e confiança para o cachorro, pois os cães sentem a energia do dono e são influenciados por ela.

Outra dica legal é consultar um veterinário quanto a medicamentos para acalmar o seu cão, caso ele julgue necessário.

arabesco

Confesso que, apesar de não ser recomendável, falo com uma voz mais suave com o Simba, meu fox paulistinha, e sinto que isso funciona com ele. Ele fica mais confiante e até sai de onde está escondido para ficar perto de mim, como compartilhei no Instagram com vocês há um tempo:

Lembro de um episódio do Cesar Millan no qual, depois de insistir para que a dona do cãozinho fosse mais assertiva, eles chegaram à conclusão de que o cachorro respondia melhor à dona quando ela o tratava de forma mais meiga; do contrário, tornava-se agressivo. O que acham?

De todo modo, espero ter ajudado! Se tiver outras dicas, compartilha com a gente nos comentários. Serão muito bem-vindas!


gravatar
6/16/2014 às 12:25 pm

1

Adorei o post! Super útil <3
Beijos

[Responder]

Gravatar

Bruna Miragaya Respondeu:

Obrigaaada, Lu!
Bom saber que gostou :) Beijoooos

[Responder]

gravatar
6/16/2014 às 1:10 pm

2

Oi gata!!!
Pois é meu fox, o Jack, tbm sofre com os fogos. Como eu moro num lugar q não tem muita farra na rua, barulhos e tal acabo não tendo como acostumar meu cãozinho com isso.
Mas a idéia dos sons pelo youtube é ótima.
E quanto ao jeito de falar com o cão, eu tenho esse problema serio e não conseguir ser assertiva. Falo q nem uma idiota kkkkkk, mas ele só me respeita quando falo mais alto e olhando bem pra ele “com raivinha” pra q ele me obedeça. Menina funciona na hora kkkkkkkk
Mas é isso. Amo esses post sobre animal. Bjo querida.
Sucesso.

[Responder]

Gravatar

Bruna Miragaya Respondeu:

kkkkk na hora de falar sério eu falo muuuuuuuito sério e ele respeita bem! xD
Mas nessas horas de medo dele, ele responde melhor quando falo mais calma/idiota uahuahua – o que não é indicado, porque na teoria estimula esse medo, sabe, faz com que ele associe medo a carinho, a ganhar atenção.
Mas, na prática, acho que existem exceções… que às vezes o indicado não é o que funciona melhor. rs!
Obrigada!! Para nós o/ Beijocas!

[Responder]

Gravatar

Ellen Aread Respondeu:

Ai, eu sou uma trouxa mesmo rsrsrs acho q ele me tem mais como irmã do q mãe kkkkkkk mas to melhorando! rsrsrs
Verdade, existem exceções e cada cachorro é um ser as vezes totalmente diferente da raça.
Viva os nossos Foxs rsrs
Bjo gataaaa

[Responder]